Imagem “Não é à toa que estamos abrindo uma CPI para investigar”, dispara Valdemir Dias

“Não é à toa que estamos abrindo uma CPI para investigar”, dispara Valdemir Dias

Câmara Municipal de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaNotíciaPTValdemir Dias

15/05/2024 10:05:00


Durante o seu pronunciamento na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), realizada na manhã desta quarta-feira, 15, o vereador Valdemir Dias (PT) denunciou a Gestão Sheila Lemos por desperdiçar dinheiro público. “Desperdício, desprezo com o dinheiro, com o erário”, disse. “Não é à toa que estamos abrindo uma CPI para investigar as omissões na área da Saúde”, disparou Dias.

O líder da Bancada de Oposição chamou atenção para o excesso de contratações por dispensa de licitação por parte da Prefeitura Municipal. “A gestão pública, as leis, preconizam que, para que haja dispensa de licitação é de uma coisa emergencial, uma situação de emergência. Mas desde o início de 2017 esse projeto que aí está tem o pavor de licitar. São dezenas e dezenas de dispensa de licitação, sem dar a ampla concorrência”, apontou ele. “Isso em gestão pública é crime”, avaliou.

O vereador apontou que é preciso entender se o problema é provocado por falta de competência ou por interesse particular. “Será possível que não consegue ou não quer fazer uma licitação?”, questionou ele. 

Valdemir ressaltou ainda que os valores das contratações são altos. “São valores vultuosos. No Diário Oficial de ontem dia 14, Dispensa de Licitação Nº 52/2024 no valor de R$ 9 milhões. Por dispensa de licitação. Eu estou falando de um, mas são dezenas”, detalhou. O parlamentar cobrou da Câmara que fiscalize de forma ainda mais efetiva o que a prefeita Sheila (UB) está fazendo com o dinheiro dos cidadãos conquistenses. “Essa Casa tem que ver e fiscalizar os atos do Poder Executivo”, cobrou.

Ele destacou outros contratos feitos sem licitação. “Foi contratada desde o ano passado uma chamada Muralha Digital. Foi feito um contrato e começou-se a colocar agora algumas câmeras da chamada Muralha Digital, outro absurdo”, apontou. “Transporte escolar sem licitação. Tem alunos até o momento sem entrar em sala de aula no ano de 2024 por falta de transporte. Aluguéis que são feitos por essa gestão e ficam fechados por mais de um ano, como o Centro de Referência de Saúde Animal”, complementou Dias, cobrando respostas do Executivo Municipal.


 

 



Prestação de Contas Anual
Acesse o Prestação de Contas
  Live Offline
Rádio Câmara 90.3
Rádio Câmara 90.3
Facebook
Calendário

Julho 2024
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31